Formulário de busca


Instituto Paulo Gontijo não tem ligações com candidatos à cargos eletivos

O Instituto Paulo Gontijo reforça que não tem relações candidatos, ou pré-candidatos, à cargos públicos nas eleições de 2018.

O compromisso do IPG é com o incentivo das pesquisas científicas e apoio à pessoa com ELA.

IPG

Idealizado por Paulo Gontijo, físico e engenheiro apaixonado pela ciência e portador de ELA, o IPG foi fundado em 2005 para promover pesquisas científicas e disseminar informações sobre a doença, além de desenvolver ações de humanização do atendimento de famílias que convivem com o diagnóstico. É autor do livro “A tese de um condenado”, autobiografia que traz relatos detalhados sobre a ELA e suas possíveis causas. Para mais informações, acesse www.ipg.org.br .

 

 

 


Projeto Cuidar

Publicado em: 25/04/2018

 “Há medicamentos para toda a espécie de doenças, mas, se esses medicamentos não forem dados por mãos bondosas, que desejam amar, não será curada a mais terrível das doenças: a doença de não se sentir amado.” Madre Teresa de Calcutá

 
 
Quando encontramos pessoas que estão passando por um processo de adoecimento que pode incluir perdas de movimentos, risco de vida, imediatamente podemos ter a tendência de exigir que ela tenha coragem, não pense em dor ou morte, não chore e se mantenha otimista, senão, ela mesma estará se “entregando” para o desfecho possivelmente ruim. 
 
Muitas vezes, por termos um sentimento de amor, não desejamos ver nosso parente demonstrando sofrimento, porque é como se doesse em nós mesmos, e tentamos animá-lo ou mudamos de assunto. Mas será que ao evitarmos o enfrentamento da dor, quando calamos quem está adoecido, estamos realmente oferecendo conforto ou tornando a situação mais tolerável?
 
Não existe resposta certa para esse tipo de situação, pois cada pessoa é ímpar e contém a sua maneira de lidar com os assuntos, portanto, ao prestarmos um atendimento de cunho psicológico, partiremos sempre da demanda de quem está sendo atendido, seja esse o cliente (paciente), sejam seus familiares. 
 
Portadores de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) passam por desafios diversos, que incluem perdas significativas e contínuas, e diante desse quadro, o atendimento psicológico pode ser uma possibilidade reorganizadora e também de alívio, pois haverá continência para todo e qualquer tipo de sentimento.
 
A psicológa Wilma da Costa Torres afirma que diante de quadros de saúde severos, o avançar dos sintomas podem gerar tanto no paciente como em seus familiares e cuidadores, um tipo de luto antecipatório onde pode se manifestar dor da separação, angústia, sentimentos como culpa, raiva, agressividade, tristeza, depressão. Além das questões financeiras e sociais que esses pacientes podem enfrentar em seu dia a dia, que podem em muito facilitar ou dificultar o acesso aos tratamentos necessários, o que muitas vezes, promove transtornos de humor, frustração, medo, raiva, sentimento de menos valia.
 
Diante de todas essas possibilidades de crises e possíveis dificuldades, o lugar personalizado e preservado para que o cliente possa expressar seu cansaço, suas indignações, indagações, pode ser premissa para a realização desse projeto, assim como o olhar diferenciado para a Família e os Cuidadores Primários.
 
O objetivo do Projeto Cuidar é propiciar espaço para escuta, expressão, reflexão de sentimentos e emoções frente ao estado de saúde atual, bem como, durante o tratamento e a readaptação às rotinas da vida. E também realizar pesquisas sobre o tema da Esclerose Lateral Amiotrófica relacionado aos aspectos biopsicossociais com intuito de aprimorar os atendimentos que serão realizados. 
 
Maria Regina Monteiro
CRP 06/51390
Psicóloga Clínica e Chefe do Serviço do Psicologia do Hospital Reg. Sul
Supervisora em Estratégias e Intervenções em Saúde na Unip
 
SONIA MARIA ESTÁCIO FERREIRA
CRP- 06/55037-7
Psicóloga Clínica, Coordenadora do Projeto Clarear do IPG, Colaboradora do PROAMJO e PROAMITI do IPq do Hospital das Clínicas            
 

Para inscrever sua família, envie um e-mail para assistenciasocial@ipg.org.br, com o assunto "Projeto Cuidar".

 
 
 
 

 

 

 

 

 

voltar

Cadastre-se (Pacientes)

Preencha as informações a seguir

Dados pessoais

Formulário de cadastro para profissinais Próximo

área de atuação

área de atuação - Médicos

Médicos

área de atuação - Fisioterapia

Fisioterapia (pode marcar mais de uma opção)

área de atuação - Terapeuta ocupacional

Terapeuta ocupacional

área de atuação - Fonoaudiologia

Fonoaudiologia

próximo passo Próximo

outras Profissõ es

outras profissões

Pós graduação (marque a titulação mais alta)

outras profissões - Instituição que trabalha

Instituição que trabalha


Já atendeu pacientes com ELA?


Está vinculado a alguma instituição de ensino?


Possui interesse na assinatura de revistas científicas eletrônicas?

Deixe seu contato para pacientes/outros profissionais possam lhe encontrar

Observações

Cadastre-se (Pacientes)

Preencha as informações a seguir

Formulário de cadastro para pacientes
Há outras pessoas da família com ELA?
Sim Não


Preencha as informações a seguir

Dados pessoais

Formulário de cadastro para download do manual

Manual ELA

Para receber o nosso manual de ELA gratuitamente envie um e-mail para contato@ipg.org.br e solicite já o seu!