Formulário de busca


Instituto Paulo Gontijo não tem ligações com candidatos à cargos eletivos

O Instituto Paulo Gontijo reforça que não tem relações candidatos, ou pré-candidatos, à cargos públicos nas eleições de 2018.

O compromisso do IPG é com o incentivo das pesquisas científicas e apoio à pessoa com ELA.

IPG

Idealizado por Paulo Gontijo, físico e engenheiro apaixonado pela ciência e portador de ELA, o IPG foi fundado em 2005 para promover pesquisas científicas e disseminar informações sobre a doença, além de desenvolver ações de humanização do atendimento de famílias que convivem com o diagnóstico. É autor do livro “A tese de um condenado”, autobiografia que traz relatos detalhados sobre a ELA e suas possíveis causas. Para mais informações, acesse www.ipg.org.br .

 

 

 


IPG completa 11 anos no dia 7 de novembro

Publicado em: 01/11/2016

Na próxima segunda-feira (7/11), o Instituto Paulo Gontijo celebrará 11 anos de existência. Fundada em 2005, a organização sem fins lucrativos trabalha em prol das pessoas que vivem com esclerose lateral amiotrófica (ELA) e, em pouco mais de uma década, já tem muita história para contar.
 
A instituição surgiu a partir de uma inquietude de seu idealizador, o engenheiro Paulo Gontijo, grande entusiasta das ciências e do conhecimento. Paulo recebeu o diagnóstico de ELA em 1999, e, desde então, buscou incansavelmente a causa e a cura da doença. O IPG foi criado 3 anos após a morte do engenheiro, que já havia desenhado os primeiros moldes do que seria o instituto. 
 
Um dos pilares da instituição é promover pesquisas científicas que potencializem o aumento do nível de conhecimento a respeito da esclerose lateral amiotrófica (ELA). O segundo foco é nas ações de sensibilização e humanização, que fortaleçam as políticas públicas em saúde, visando a melhoria da qualidade de vida daqueles que têm a patologia.
 
O Prêmio Paulo Gontijo, iniciado em 2007, é uma das ações de incentivo à pesquisa realizadas pelo instituto. Ele busca estimular a comunidade científica nacional e internacional a dedicar seus esforços a estudos em busca da cura da ELA, e, consequentemente, contribuir para a difusão de conhecimentos sobre a doença. 
 
Na área científica, o IPG também trabalha em parceria com o Project MinE, consórcio que atua em 16 países e tem como objetivo identificar as causas da ELA. O projeto se propõe a sequenciar 15 mil pacientes com ELA e 7.500 controles. Em agosto, o Brasil alcançou a marca de 8% das coletas do Project MinE. A expectativa é de que, até o fim do ano, o país represente 20% do projeto. 
 
O centro de pesquisas sobre o Genoma Humano e Células-tronco da Universidade de São Paulo (USP) é o grande apoiador nacional do IPG que viabiliza esses resultados. “Com a participação no Project MinE e a parceria com o Genoma Humano-USP, o IPG insere o Brasil no principal projeto mundial de estudo das influências genéticas na causa e evolução da doença”, afirma o neurologista e coordenador médico do IPG, Francisco Rotta.
 
Ao longo de sua trajetória, o IPG também vem se dedicando aos projetos de humanização. “O diagnóstico da ELA muda para sempre a vida de todos os envolvidos. Por isso, procuramos levar informação, apoio e muita esperança aos assistidos. Além disso, é importante enxerga-los como pessoas e não apenas pacientes” explica Silvia Tortorella, presidente do instituto.
 
A equipe IPG realiza visitas periódicas aos lares das famílias. Esses encontros permitem uma maior aproximação e colaboram para o mapeamento de pacientes. Segundo a coordenadora de projetos do IPG, Cláudia Fayad, este também é um momento de acolhimento: “É importante ouvir as queixas e necessidades de cada um, para que possamos entender quais são as demandas, e então, buscar informações para melhor atende-las”. 
 
A equipe do Instituto Paulo Gontijo se sente realizada por esses 11 anos de trabalho e agradece a todos que nos apoiam nessa caminhada. Nossa missão só é possível graças a vocês. Obrigado!
 
 
voltar

Cadastre-se (Pacientes)

Preencha as informações a seguir

Dados pessoais

Formulário de cadastro para profissinais Próximo

área de atuação

área de atuação - Médicos

Médicos

área de atuação - Fisioterapia

Fisioterapia (pode marcar mais de uma opção)

área de atuação - Terapeuta ocupacional

Terapeuta ocupacional

área de atuação - Fonoaudiologia

Fonoaudiologia

próximo passo Próximo

outras Profissõ es

outras profissões

Pós graduação (marque a titulação mais alta)

outras profissões - Instituição que trabalha

Instituição que trabalha


Já atendeu pacientes com ELA?


Está vinculado a alguma instituição de ensino?


Possui interesse na assinatura de revistas científicas eletrônicas?

Deixe seu contato para pacientes/outros profissionais possam lhe encontrar

Observações

Cadastre-se (Pacientes)

Preencha as informações a seguir

Formulário de cadastro para pacientes
Há outras pessoas da família com ELA?
Sim Não


Preencha as informações a seguir

Dados pessoais

Formulário de cadastro para download do manual

Manual ELA

Para receber o nosso manual de ELA gratuitamente envie um e-mail para contato@ipg.org.br e solicite já o seu!